Projeto de inclusão digital
  • image
  • image
  • image
  • Cursos On line
Prev Next

Parlamentares querem discutir uso de ene…

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável vai realizar audiência pública para discutir o uso de energia ...

Projeto E-mail para todos

MAIS UM PROJETO Este projeto consistia na criação de email para os alunos. Após a cria&c...

Aluno que faz um professor não desistir!…

Abaixo um vídeo que faz a diferença!!!,vale a pena conferir!! http://www.youtube.com/watch?v=w8o7LySo8HY

ULTIMAS NOTICIAS DE LISBOA

ULTIMAS NOTICIAS DE LISBOA'Gêmeo tenta se suicidar e mata o irmão por engano' DISK FINADOS Lançaram em Portugal, o ...

PROFUNDO

Ontem, minha esposa e eu estávamos sentados na sala, falando das muitas coisas da vida... Falávamos de viver ou morrer...

Para pensar

O desinteresse político pela Instrução/Educação de um povo e o desinteresse dos al...

Nova grade curricular nas escolas

Ronaldinho Gaúcho : R$ 1.400.000,00 por mês. - "Homenageado na Academia Brasileira de Letras"... Tiririca : R$ 36.000...

Um show no simulado

  Nossos alunos deram um Show no dia do simulado. Confira neste vídeo. Parabéns 1000, voc...

Depoimento da professora Amanda Gurgel

Professora Amanda Gurgel silencia Deputados em audiência pública. Depoimento Resumindo o quadro da Educação no Brasil. ...

aluno gay

 Na faculdade, um aluno boiola diz ao professor de matemática: — Professor! — Diga. — &...

Projeto Folclore

Projeto Folclore

PARTICIPE DA SEMANA DO FOLCLORE COM AS ATIVIDADES DA GINCANA   ATIVIDADES DA GINCANA Prov&e...

Recurso de cobrança

Essa é uma carta que recebemos aqui no escritório em uma das tentativas de cobrança..."Prezados Senhores",Esta é a oitav...

Idéia

Se você tem uma maçã e eu tenho uma maçã, e nós trocamos as maç&atild...

Mudando cada vez mais!!!!

Mudando cada vez mais!!!!

Uma escola para ser bem sucedida pedagogicamente também tem que ser um lugar atraente, onde os alunos se sinta...

Simulados 2013

Estes simulados tiveram o objetivo de traçar metas para o ano de 2014, verificando como se encontra a atual ap...

Depoimento de um Corintiano

Quando eu era garoto, minha mãe me mandava à mercearia com apenas 1 cruzeiro e eu voltava com 3 kg de batatas, 2...

Uma rádio WEB para sua escola

Uma rádio WEB para sua escola

A ideia era construir uma rádio web para a escola E. E. Nilza Maria Santarém,  e através de...

A IMPORTÂNCIA DO CAFÉZINHO

 Dois leões fugiram do Jardim Zoológico. Na fuga, cada um tomou um rumo diferente. Um dos leõ...

Porque somos pobres!

Porque os paises_sao_diferentes from Wilson Barbieri

O perigo de fumar um cigarro escondido n…

O perigo de fumar um cigarro escondido no banheiro por Zoomin_Brasil

São paulino e o papagaio

Papagaio macho Um cara comprou dois papagaios e não sabia qual era o macho e qual era a fêmea.O vended...

Aprenda a fazer uma armadilha contra per…

Aprenda a fazer uma armadilha contra pernilongos e mosquito da dengue

  Itens necessários: O que precisamos é, basicamente: 200 ml de água, 50 g...

A evolução no Ensino da Matemática

1960Um fazendeiro vendeu um saco de batatas por R$ 100,00 . O custo foi 4/5 do preço de venda. Qual foi o lu...

Quem tem talento, tem!

{jcomments on}

Árvore Genealógica Moderna

- Mãe, vou casar! - Jura, meu filho?! Estou tão feliz! Quem é a moça? - Não é moça. Vou casar com um moço. O nome dele ...

Marido Sortudo

O marido chega para a esposa e pergunta:- Querida, seja sincera... O  que você faria se eu ganhasse na loteria?E a ...

Luciano Huck - Dirigindo bêbado, e diz q…

Leia abaixo a carta que Rafinha Bastos publicou no facebook, muito boa!!!!   "Luciano, você b...

Uma historieta para refletir

Esta é uma historieta do escritor, advogado e jornalista José Albuquerque Gueiros, que envolve quatro pers...

Uma linda história

Uma linda história

Um menino de 10 anos estava parado, na frente de uma loja de sapatos olhando a vitrine e tremendo de frio. Uma s...

Recurso multa

"ILMO. SR. DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO DSVRECURSO Auto de Infração CL*A1*052.010*4Notificação ...

A Tecnologia de Comunicação e Informação…

Abaixo transcrevo, uma entrevista publicada no endereço eletrônico http://www.revistapontocom.org.br/e...

Dois amigos bêbados

Eram dois amigos que voltavam da noitada ambos embriagados. um disse para o outro: - Hj vou te mostrar minha casa.&...

SUIÇA NÃO TEM MAR

Numa reunião com o Presidente da Suíça, Dilma apresenta os seus Ministros: - Este é o Ministro da Saúde, este é o Min...

Cientistas encontram vestígios de um ria…

Cientistas encontram vestígios de um riacho em... por Zoomin_Brasil

Paródia - Luan Santana

{jcomments on}

Quanta Profundidade

Quando Carlinhos era pequeno, queria ser bailarino e seus pais o desencorajaram, porque era coisa de viado.

ENSINAMENTOS DE MÃE

Era uma forma, hoje, condenada pelos educadores e psicólogos, mas funcionou com a gente e por isso não saímos sequestran...

O sequestro

O português sequestra um rapaz, e manda uma carta e uma orelha cortada aos familiares do sequestrado. Horrorizados, os f...

Estudante de escola pública tem melhor d…

Renata Cafardo - O Estadao de S.Paulo Alunos de universidades federais que vieram de escolas públicas ...

BOM DIA

Toda vez que a professora chegava na sala de aula e falava 'bom dia', os alunos respondiam 'bom dia', mas tinha um som n...

Resposta à Revista Veja

Sou professora do Estado do Paraná e fiquei indignada com a reportagem da jornalista Roberta de Abreu Lima “Aula Cronome...

Pobre Sortudo

Certo dia, um pai deu ao filho dinheiro p/ pagar as contas de LUZ e ÁGUA.Era o último dia p/ pgto, antes d...

Macho que é macho reage assim

http://www.youtube.com/watch?v=K5kCI5H2xRE&feature=related

Não gostava de matemática!

Entrevista com a aluna Janaina da 8ª Série B, onde a aluna, não gostava de matemática, mas ...

A importância do uso do uniforme

Boa parte das escolas opta pelo uso do uniforme escolar para as crianças e adolescentes. É um item pr...

Negócio Fechado - assista e reflita

Negócio Fechado - EMML 2011 por nvguaratiba no Videolog.tv.

Endereço de internet longo já era

Sabe aqueles endereços longos, difíceis de guardar, agora ficou fácil. Por exemplo você tem o...

A professora pergunta ao Joãozinho:

_Na frase “EU SOU CORINTHIANO” qual é o tipo do sujeito? Joãozinho respondeu: _“Depende, se for...

Os últimos e os primeiros

PARA QUEM NASCEU ATÉ 1990, SAIBA QUE SOMOS:   Os últimos que aprenderam a brincar na r...

Patrocionadores do São Paulo

Patrocínio do São Paulo HABIB'S LG LEIA DE TRÁZ PARA FRENTE GLS' BIBAH

Integrando a escola, os alunos e a comun…

MAIS UM PROJETO (... não permitido escrever) PELA ESCOLA Acompanhando as tendências tecnológi...

EU TE CONHEÇO

EU TE CONHEÇO!Num julgamento em Vassouras (RJ), o Promotor de Justiça chama sua primeira testemunha, uma v...

Você vale Ouro

Você vale Ouro

Amigo é coisa pra se guardar... Um filho pergunta à mãe: - Mãe, posso ir ao hospital ver meu amigo? Ele está doent...

O PURGATÓRIO BRASILEIRO ESTÁ PRESTES A C…

Imprensa do Canadá sobre Dilma Rousseff     (Original em Inglês no fina...

A Mulher, Deus e o Diabo

E Deus fez a mulher...Houve harmonia no paraíso.O diabo vendo isso resolveu complicar...

Informativo n°1 em versão digital

Informativo n°1 em versão digital

   Acesse a versão digital do informativo n°1 clicando aqui.     ...

O desespero da professora

Numa escola a professora pergunta a um aluno:> - Wandercleison, diga aí um verbo.> - Bicicreta.> - Não é bicicr...

O QUE É UM CHURRASCO?

O churrasco é a única  coisa que um homem sabe cozinhar, e quando um homem se prop&...

A diferença entre escola pública e parti…

Li uma interessante reportagem da Daniela Arais comparando dados do Censo Escolar 2011 por tipo de escola: “Esc...

3 frases atuais, inteligentes, e que diz…

"Antigamente as mulheres cozinhavam igual à mãe...Hoje, estão bebendo igual ao pai!"

Parabéns Jorge!!

Parabéns Jorge!!

    Parabéns, Jorge Fernando de Souza Silva, aluno da E.E. Nilza Maria Santarém ...

1959 vs 2010

Cenário 1: João não fica quieto na sala de aula. Interrompe e perturba os colegas. Ano 1959: &Eacut...

A aposta da Loira

http://www.youtube.com/watch?v=ROIA1Z3yT9s

Como é a Terra vista de fora, ao Vivo!

Como as imagens são feitas pela ISS (Estação espacial internacioanal), é normal que a tel...

Frase do dia

"Aqueles que não fazem nada estão sempre dispostos a criticar os que fazem algo." "A cada bela impress&at...

CURRÍCULO SECRETÁRIA QUANTO VALE TER UM …

Presado Cenhor, Quero candidatarme pra o lugar de ceqretária que vi no jornau. Eu teclo muito de pressa con u...

RECEITA DA ALFABETIZAÇÃO E ALFABETIZAÇÃO SEM RECEITA

Receita de alfabetização

Pegue uma criança de 6 anos e lave-a bem. Enxágüe-a com cuidado, enrole-a num uniforme e coloque-a sentadinha na sala de aula. Nas oito primeiras semanas, alimente-a com exercícios de prontidão. Na 9ª semana ponha uma cartilha nas mãos da criança. Tome cuidado para que ela não se contamine no contato com livros, jornais, revistas e outros perigosos materiais impressos.

Abra a boca da criança e faça com que engula as vogais. Quando tiver digerido as vogais, mande-a mastigar, uma a uma, as palavras da cartilha. Cada palavra deve ser mastigada, no mínimo, 60 vezes, como na alimentação macrobiótica. Se houver dificuldade para engolir, separe as palavras em pedacinhos. Mantenha a criança em banho-maria durante quatro meses, fazendo exercícios de cópia.

Em seguida, faça com que a criança engula algumas frases inteiras. Mexa com cuidado para não embolar.

Ao fim do oitavo mês, espete a criança com um palito, ou melhor, aplique uma prova de leitura e verifique se ela devolve pelo menos 70% das palavras e frases engolidas. Se isso acontecer, considere a criança alfabetizada. Enrole-a num bonito papel de presente e despache-a para a série seguinte.

Se a criança não devolver o que lhe foi dado para engolir, recomece a receita desde o início, isto é, volte aos exercícios de prontidão. Repita a receita tantas vezes forem necessárias. Ao fim de três anos, embrulhe a criança em papel pardo e coloque um rótulo: aluno renitente.

Alfabetização sem receita

Pegue uma criança de 6 anos ou mais, no estado em que estiver, suja ou limpa, e coloque-a numa sala de aula onde existam muitas coisas escritas para olhar e examinar. Servem jornais, livros, revistas, embalagens, propaganda eleitoral, latas vazias, caixas de sabão, sacolas de supermercado, enfim, vários tipos de materiais que estiverem ao seu alcance.

Converse com a turma, troque idéias sobre quem são vocês e as coisas de que gostam e não gostam. Escreva no quadro algumas frases que foram ditas e leia-as em voz alta. Peça às crianças que olhem os escritos que existem por aí, nas lojas, nos ônibus, nas ruas, na televisão. Escreva algumas dessas coisas no quadro e leia-as para a turma.

Deixe as crianças cortarem letras, palavras e frases dos jornais velhos e não esqueça de mandá-las limpar o chão depois, para não criar problema na escola.

Todos os dias leia em voz alta alguma coisa interessante: historinha, poesia, notícia de jornal, anedota, letra de música, adivinhações. Mostre alguns tipos de coisas escritas que elas talvez não conheçam: um catálogo telefônico, um dicionário, um telegrama, uma carta, um bilhete, um livro de receitas de cozinha.

Desafie as crianças a pensar sobre a escrita e pense você também. Quando elas estiverem escrevendo, deixe-as perguntar ou pedir ajuda ao colega. Não se apavore se uma criança estiver comendo letra: até hoje não houve caso de indigestão alfabética. Acalme a diretora se ela estiver alarmada.

Invente sua própria cartilha. Use sua capacidade de observação para verificar o que funciona, qual o modo de ensinar que dá certo na sua turma. Leia e estude você também.

Obs.: Os textos “Receita de Alfabetização” e “Alfabetização sem receita” têm circulado em cursos para professores, às vezes, sem indicação da autoria. Foram publicados: no Boletim Informativo n.1, da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, jul/1989; pelo Boletim Carpe Diem, Centro de Aperfeiçoamento dos Profissionais de Educação, Prefeitura de Belo Horizonte, ano IV, n.4, jan-fev/1994.


Comentários   

 
0 #1 Wilmar DAngelis 27-04-2014 10:57
Tive a felicidade de conhecer esse texto, e o empreguei em encontro de professores indígenas há alguns anos. Chegou-me com o nome (que entendi ser, de autoria, de Profa. Marlene Carvalho). Encontrei, agora, essa informação ao pé do texto publicado nesse blog. A obs. esclarece onde o texto foi publicado pela primeira vez, mas não fala de autoria. Devo considerá-la coletiva?
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar